944 Acessos
A FADEX participou da elaboração e do processo de equipação do HUB.

O HUB de Hidrogênio Verde - HUB H2 Piauí é uma realidade que a Fundação Cultural e de Fomento à Pesquisa, Ensino, Extensão e Inovação (FADEX) irá participar ativamente. Sua entrega aconteceu na sexta-feira (15), no litoral piauiense. 


O novo espaço de aceleração de pesquisa e inovação funciona dentro da Zona de Processamento e Exportação de Parnaíba (ZPE) e faz parte de uma parceria da FADEX com a Investe Piauí e o Governo do Piauí que irá transformar a produção científica e energética do Estado. “A FADEX, parceira juntamente com a Investe Piauí, será esse grande centro de conexão entre pesquisadores, universidades e os principais players do hidrogênio verde não somente do Brasil, mas de todo mundo”, ressaltou o superintendente da FADEX, Prof. Antônio Vinícius.


Ele afirmou o quanto essa parceria foi importante. “Muito grato em fazer parte de mais um projeto em parceria com a Investe Piauí. E que a gente possa agraciar vários pesquisadores, várias instituições de ensino, como novos projetos ligados a área do hidrogênio verde”.


Segundo Cristiano Vargas, vice-presidente de Inovação da Investe Piauí, esse hub de inovação irá conectar universidades, pesquisadores e as empresas, buscando soluções para os grandes desafios globais, que passam a serem, ainda, os desafios locais para o projeto e sua implantação. “Trazendo oportunidades para o ecossistema como um todo e criando esse elo que vai ser o HUB que vai centralizar as buscas e o desenvolvimento de produtos, desenvolvimento de soluções, os projetos de pesquisa, de desenvolvimento e inovação, conectados com investimentos da iniciativa privada para vencer esses grandes desafios, com uma modelagem onde a gente traz junto com a Investe e também a Fadex, fazendo a ligação entre as empresas, os desafios dessa empresa, investimentos privados, fazendo a operação dos times de pesquisa e desenvolvimento, com a infraestrutura que o HUB H2 Piauí vai fornecer junto com a  Investe Piauí”.


Luciana Tsukada, responsável pela aceleradora Startup Piauí lembra que, mais que contribuir com pesquisa e desenvolvimento, o HUB de Hidrogênio Verde, vem para integrar os atores do ecossistema. “E o nosso objetivo como aceleradora é, realmente, identificar todas as oportunidades, desenvolver essas pesquisas, transformando em produto e em negócios para que esses pesquisadores possam desenvolver seus produtos e a gente possa alavancar esses negócios, internacionalizar também, aqui nesse HUB de hidrogênio verde que fica dentro da ZPE”.

A FADEX participou da elaboração e do processo de equipação do HUB.