120 Acessos
A videochamada entre uma paciente e seus pais emocionou a equipe do hospital

A primeira visita por videochamada no Hospital de Campanha Estadual aconteceu nesta quinta-feira (4). A paciente é uma mulher de 33 anos que recebeu a emocionante visita de seus pais.

O isolamento que os pacientes com Covid-19 devem passar durante o tratamento hospitalar não é fácil. Pensando nisso, o HCE está realizando visitas através de videochamadas para que os pacientes possam sentir o carinho e o amor de seus familiares.

Os pais da paciente de 33 anos foram os primeiros familiares a fazerem a visita virtual. Eles chegaram ao hospital com os corações aflitos e, após falarem com a filha, o semblante não era mais o mesmo. “A gente achava que ela estava muito triste, mas ela está bem. Minha esposa não dormia de preocupação e após a visita ficamos mais tranquilos. Minha filha está se sentindo mais segura. A visita deu para minimizar o sofrimento porque a gente estava com muita preocupação”, afirmou José Fernandes, pai da paciente.

A visita também emocionou a equipe do hospital que estava auxiliando a paciente e seus pais. “Foi emocionante porque os pacientes, naturalmente, são pessoas que estão sensíveis. O ato de ali não ter um familiar presente atinge bastante o emocional, por isso, conseguir minimizar essa distância nesse momento tão complicado é gratificante para a equipe. A nossa paciente estava muito ansiosa, os familiares estavam aflitos, e naquele momento em que eles estavam se olhando, mesmo tão longe através de uma tela, era como se eles estivem em uma bolha só deles, fazendo com que aquela ansiedade e aflição passasse. É gratificante conseguir possibilitar isso”, disse Beatriz Isabel, enfermeira do HCE.  

O HCE, administrado através de uma parceria entre Fundação Cultural e de Fomento à Pesquisa, Ensino, Extensão e Inovação (Fadex), a Universidade Federal do Piauí (UFPI) e da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (SESAPI), preza bastante pelo aspecto físico e emocional de seus pacientes. “O tratamento da Covid-19 não é apenas um tratamento medicamentoso, ele envolve toda uma equipe multidisciplinar.  Para isso, o serviço social junto com a psicologia está fazendo um trabalho que eu considero fundamental para o resultado satisfatório do tratamento”, relatou Jefferson Campelo, diretor do HCE.

A psicóloga Juliana Mororó acolheu os visitantes e prestou apoio psicológico à paciente. Ela frisou a importância das videochamadas para a saúde mental. “Nesse momento de pandemia não são permitidas visitas presenciais, mas através da videochamada matemos um vínculo que minimiza qualquer sofrimento psíquico, que tanto o familiar como o paciente possam apresentar. A gente sabe que a mente afeta o corpo. Se a gente não estiver bem psicologicamente, isso não vai ajudar na recuperação. Tem que estar tudo alinhado”, explicou.

As visitas podem ser agendadas através de número: (86) 3301-7591, das 08h às 18h. E acontecem em cabines reservadas destinadas, exclusivamente, à realização de videochamadas.

 

Foto: Cinara Taumaturgo

A videochamada entre uma paciente e seus pais emocionou a equipe do hospital

Comentar: