45 Acessos
Parceria INEAGRO e FADEX

O professor Luiz Augusto de Oliveira é o novo diretor técnico da Incubadora do Agronegócio (INEAGRO) e, com o apoio da Fundação Cultural e de Fomento à Pesquisa, Ensino, Extensão e Inovação (FADEX), focará sua gestão no fortalecimento do setor no Piauí, a partir da gestão de novos projetos na área.

As chamadas incubadoras são instituições que prestam auxílio para empresas iniciantes, oferecendo suporte técnico, gerencial, administrativo e mercadológico. Com 16 anos de existência, a INEAGRO, que é um programa especial da Pro-reitoria de Extensão da Universidade Federal do Piauí (UFPI), tem atualmente 5 empresas incubadas, mas com capacidade para mais 10 empresas.


Por meio da parceria com a INEAGRO, a FADEX é responsável pelo gerenciamento de recursos para a execução de projetos em áreas estratégicas do agronegócio.

"A INEAGRO é voltada para estimular a criação de novos empreendimentos com ênfase nas áreas ligadas ao agronegócio e ao desenvolvimento regional. Visamos apoiar as micro e pequenas empresas inovadoras, proporcionando a diversificação e ampliação das vantagens competitivas. É uma forma de fazer a diferença no agronegócio do Piauí", explica Luiz Augusto de Oliveira, diretor técnico da Ineagro.

O ingresso na Ineagro só é possível a partir de um edital. Segundo Luiz Augusto, a expectativa é que um novo edital seja lançado no início de 2021. "Nossa proposta é colocar o agronegócio para funcionar em sua potência máxima, por isso precisamos de ideias novas", completa o diretor técnico.

O superintendente da FADEX, Samuel Nascimento, ressalta a importância do agronegócio para o Brasil e para o Piauí, especialmente nesse momento de pandemia, e comemora o sucesso da parceria. "O agronegócio é um dos setores que resiste à pandemia e, ao estimularmos o agronegócio, estamos estimulando a economia estadual e nacional, estamos impulsionando o país. Precisamos dar gás ao agronegócio e a FADEX tem a expertise necessária para tocar projetos e ajudar nesse crescimento", declara o superintendente.

Parceria INEAGRO e FADEX

Comentar: